"Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual porque, sinceramente, sou diferente." (Clarice Lispector)



quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Quem ama, liberta!


Quando se proíbe alguém de sentir o perfume de uma flor, perde o sentido o alguém, o perfume e a flor. A paixão se enfraquece, a história fica triste — e a relação se desfaz completamente.
É o fim.
— Quem ama não proíbe nunca!
(Edson Marques)



Quando eu te escolhi
Para morar junto de mim
Eu quis ser tua alma
Ter seu corpo, tudo enfim
Mas compreendi
Que além de dois existem mais...
 Amor só dura em liberdade
O ciúme é só vaidade
Sofro, mas eu vou te libertar
O que é que eu quero
Se eu te privo
Do que eu mais venero
Que é a beleza de deitar...
(A Maçã - Raul Seixas)

4 comentários:

Edson Marques disse...

Você é um amor!

Edson Marques disse...

Você é um amor!

VIDA E LIBERDADE disse...

Que lindo!!!!
Tudo a ver!!!
Tudo a sentir!!!
Tudo é beleza, desde que seja amor!!!!
Adorei!!!! Incrivelmente lindo!!!
Adoro vc....
Beijossss
saudadessssssssss mil

Marilis

Reflexo d Alma disse...

Que delícia aqui, aind amais com Edson e Marilis e ja vi o Palahaço Poeta tambem, estou emcasa!
Ai ai vou ficar por aqui rsrs.
Posso?
Bjins entre sonhos e delírios