"Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual porque, sinceramente, sou diferente." (Clarice Lispector)



quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Há borboletas no meu jardim...


"Borboleta parece flor que o vento tirou pra dançar..."




Sonho De Uma Flauta
(O Teatro Mágico)


Nem toda palavra é
Aquilo que o dicionário diz
Nem todo pedaço de pedra
Se parece com tijolo ou com pedra de giz


Avião parece passarinho
Que não sabe bater asa
Passarinho voando longe
Parece borboleta que fugiu de casa


Borboleta parece flor
Que o vento tirou pra dançar
Flor parece a gente
Pois somos semente do que ainda virá


A gente parece formiga
Lá de cima do avião
O céu parece um chão de areia
Parece descanso pra minha oração


A nuvem parece fumaça
Tem gente que acha que ela é algodão
Algodão as vezes é doce
Mas as vezes né doce não


Sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
O dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar
Hum... E o mundo é perfeito
Hum... E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito


Eu não pareço meu pai
Nem pareço com meu irmão
Sei que toda mãe é santa
Sei que incerteza traz inspiração


Tem beijo que parece mordida
Tem mordida que parece carinho
Tem carinho que parece briga
Tem briga que aparece pra trazer sorriso


Tem riso que parece choro
Tem choro que é por alegria
Tem dia que parece noite
E a tristeza parece poesia


Tem motivo pra viver de novo
Tem o novo que quer ter motivo
Tem a sede que morre no seio
Nota que fermata quando desafino


Descobrir o verdadeiro sentido das coisas
É querer saber demais
Querer saber demais


Sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
O dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar


Mas sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
E o dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar
E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito...

4 comentários:

inttimus disse...

Acho linda as letras das músicas do teatro mágico.
Combinam com vc !

Uma quarta feira pra lá de boaaaaaaaaaaaa!
BEIJINHO

A.S. disse...

"Tem beijo que parece mordida
Tem mordida que parece carinho
Tem carinho que parece briga
Tem briga que aparece pra trazer sorriso"

Gostei da música e do poema!!!

Beijos,
AL

Elaine disse...

Olá Sol!
Hummmmmmmmmmm!!!!! Onde achar-me...

Encontro-me ao sabor e a cor da VIDA ... mesmo sabendo que nunca vou achar-me por completo...mas continuo pegando carona nas “(...) asas da borboleta azul, para que eu encontre o caminho do vento, o caminho da noite, a janela do tempo... o caminho de mim”
(Roseana Murray)

Grande Beijo!
Elaine

Bandys disse...

Minha Sol "bandyda",

Nossa hoje ganhei o dia(tá vai a semana)hahahaha, lindo que você deixou pra mim, e chegar aqui e encontrar o Teatro Mágico: pronto não quero mais nada.

Não sei se você conhece, mas da uma escutadinha acho que você vai gostar...

Românticos
Composição: Vander Lee

Românticos são poucos
Românticos são loucos
Desvairados
Que querem ser o outro
Que pensam que o outro
É o paraíso...

Românticos são lindos
Românticos são limpos
E pirados
Que choram com baladas
Que amam sem vergonha
E sem juízo...

São tipos populares
Que vivem pelos bares
E mesmo certos
Vão pedir perdão
Que passam a noite em claro
Conhecem o gosto raro
De amar sem medo
De outra desilusão...

Romântico
É uma espécie em extinção!
Romântico
É uma espécie em extinção!



Romântico
É uma espécie em extinção!
Romântico
É uma espécie em extinção!

Românticos são poucos
Românticos são loucos
Como eu!
Românticos são loucos
Românticos são poucos
Como eu! Como eu!

Um beijo e um abraço apertadinho.