"Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual porque, sinceramente, sou diferente." (Clarice Lispector)



quarta-feira, 20 de abril de 2011

Metamorfoses...

No meu jardim...
borboletas a “desabrochar”,
Afinal...

A vida necessita de transformações!

                                                                     By Sol


Metamorfose Ambulante
Raul Seixas

Prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Eu quero dizer
Agora, o oposto do que eu disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou
Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou

Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor
Lhe tenho amor
Lhe tenho horror

Lhe faço amor
Eu sou um ator
É chato chegar
A um objetivo num instante

Eu quero viver
Nessa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou

Se hoje eu sou estrela
amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor

Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator

Eu vou lhe desdizer
Aquilo tudo que eu lhe disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

3 comentários:

Bandys disse...

Solzinha,
È .. o que a lagarta chama de final de vida a borboleta chama de inicio.
Mudanças são sempre bem vindas.

A páscoa e semana são épocas para dividir, partilhar, compartilhar sentimentos e fazer votos de renovação, de paz e amor entre os homens, é tempo de libertar, perdoar, tempo de amar.

Desejo uma Pásco de muita paz e chocolate(amargo).

Estou indo pra mata, kkk mas já já volto.


Beijos

Elaine disse...

Olá SOL!

Obrigada pela visita ao Simplesmente e o carinho de sempre!
Feliz Páscoa para ti tbm e para toda sua familia.

"Renova-te.
Renasce em ti mesmo.
Multiplica os teus olhos, para verem mais.
Multiplica-se os teus braços para semeares tudo.
Destrói os olhos que tiverem visto.
Cria outros, para as visões novas.
Destrói os braços que tiverem semeado,
Para se esquecerem de colher.
Sê sempre o mesmo.
Sempre outro. Mas sempre alto.
Sempre longe.
E dentro de tudo."
(Cecília Meireles)

Luz e paz para ti!
Namastê
Elaine

Eu Meus Reflexos e Afins disse...

Eiii
saudades de te ler...
depois passa la
ha um texto excitante
que penso que vai gostar de ler
bjins entre sonhos e delírios