"Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual porque, sinceramente, sou diferente." (Clarice Lispector)



sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Adormecer



Anoitece
Escrevo e rescrevo
Suave brisa toca meu rosto
Num doce carinho
Inspiração.
Os últimos raios de sol
No horizonte
Despertam meus sentimentos]

Anoitece
Mar é calmaria
Minha alma é ebulição.
Peixes buscam refúgio
Do escuro da noite
buscam segurança
Meu refúgio é a solidão
Gratidão.

Anoitece
Os pássaros recolhem-se
Em festiva revoada
Vem a saudade
no meu corpo
Faz morada.
Calam-se aos poucos
Todos os cantos
Em silêncio as palavras
Me cativam

Anoitece.
As estrelas despertam
São canções
Nos corações dos amantes
Que na magia da noite
Ao encanto da lua adormecem.
Madrugada
O aroma de uma flor
Acalenta meu sonhar
Que seja doce
Meu despertar.
                                                                                      by Sol - maio 2018

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

terça-feira, 28 de agosto de 2018

A Paisagem


Observo a paisagem
através da janela.
O sonho desperta a saudade,
e uma certeza:
lugar que escolheria
para sempre.
                                                           Celebration 20-05-2018




segunda-feira, 27 de agosto de 2018

quarta-feira, 9 de maio de 2018

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Cansei de palavras ocas, quero atos concretos.






Palavras, rabiscadas em cores, no palco da vida. 



Anos.
Meses.
Dia após dia
Palavras benditas
Ecoaram no vazio
Na encruzilhada
De alguma estrada
Perderam o sentido.
Verbos jogados ao vento
Riscaram o céu,
Sem rumo
Empalideceram.
Proposições não percebidas
mal entendidas
Conjunções, interjeições
Linguagem subjetiva
Que o sujeito
Definido com O Tal
Resolveu ocultar.
Texto perturbador.
Cansei de esconder
minhas  lágrimas
Nas entrelinhas.
De disfarçar meu sorriso
Nas reticências.
Entre vírgulas e interrogações
Sufoquei meus soluços
Engoli meus gritos
Calei minhas linhas.
Guardei nos lábios
Minhas sílabas.
Decreto agora um ponto final.
Com meus pensamentos emudecidos
Abro um colorido capítulo.
Meu silêncio ensurdecedor
É o novo desafio
Para um contexto
Libertador
No livro da minha vida.

Escrito com todas as cores
No enSOLarado livro
da minha vida!
 04/10/2011

quinta-feira, 29 de março de 2018

domingo, 11 de março de 2018

Outra Face




Quero...
O teu olhar cheio de desejo
Teu beijo carregado de volúpia
O calor do teu corpo junto ao meu
As tuas mãos ávidas de desejo

Quero...
O sabor do teu prazer, do teu tesão
O teu corpo enlouquecido
Teu sorriso maroto
E a língua atrevida

Quero...
Os teus gemidos
Tua respiração ofegante
O abraço gostoso
Teu gozo.

Hoje quero...
Sem receios nem rodeios
Só porque apeteceu
Ser inteiramente
Tua. 
                                            Sol 26 /12 2009

sábado, 10 de março de 2018